sábado, janeiro 08, 2011

"Fazendo Amor" com Carlos Leser

Se cada suspiro teu for assim, quero ouvir teus gritos nunca.
Se cada suspiro teu for assim, quero me encostar no canto da tua boca.
Se cada suspiro teu for assim, palavra-poema, ah, vida louca.
Se cada poema teu for assim, me deixarei suspirar enfim.

Carlos Leser

Um comentário:

  1. Se cada poema teu for assim, impossível parar de suspirar... Adriana.

    Beijos.

    ResponderExcluir