sábado, setembro 21, 2013

Uma memória
de flores
visita-me

sou outra.

3 comentários:

  1. [inebriante o aroma da palavra

    que vive
    em quem a vida.]

    um imenso abraço, Adriana

    Lb

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir